O que é lesão condral, fissura ou erosão condral profunda

A lesão condral representa uma alteração em um tecido extremamente especializado e delicado, que é a cartilagem articular. A cartilagem é formada por diversos tipos de células dispostas em várias camadas de revestimento das porções ósseas. Estas estão em contato entre si formando as juntas e, desta forma, permitindo que a articulação trabalhe sem causar um desgaste desnecessário em suas delicadas superfícies. Porém, lesões podem ocorrer por mecanismos traumáticos ou não traumáticos (entorses, por exemplo), muitas vezes com sérias consequências.

Conheça mais sobre a cartilagem >

lesão condral

Lesão condral ou fissura

A cartilagem hialina de revestimento se danifica por degeneração ou trauma na maioria dos casos. Sua aparência na ressonância magnética (RM) vai depender da causa. Alterações degenerativas podem comprometer a cartilagem desde o edema, e fissuras nas camadas superficiais até atingir camadas profundas na área de carga. Podem estar associados a edema da medular óssea subcondral. 

Podemos classificar as lesões de cartilagem da seguinte maneira:

  • Grau 0 – normal
  • Grau 1- alteração de sinal somente
  • Grau 2 – irregularidade das camadas superficiais
  • Grau 3- irregularidade das camadas medias
  • Grau 4 – fissura condral profunda

Há uma alteração condral conhecida como delaminação.

A delaminação é caracterizada por separação da cartilagem do osso subcondral. A linha de delaminação corre paralela a superfície articular estando a cartilagem inicialmente sem lesão. Esta é uma lesão de prognóstico ruim se não tratada adequadamente.

Erosão condral profunda

A superfície óssea é protegida pela cartilagem hialina e quando há uma irregularidade ou afilamento desta, o osso subcondral se expõe favorecendo as lesões ósseas, aparecendo a erosão. Inicialmente há um edema, que corresponde a sensação de dor.

As formações císticas ou melhor semelhante a cisto (cyst-like lesions) ocorrem por duas teorias: uma relacionado a intrusão de fluido sinovial por pequena fissura e outra por contusão óssea repetida e posterior necrose do osso subcondral pela exposição e atrito de duas superfícies ósseas.

Diferenças entre condropatia e lesão osteocondral >
Opções de tratamentos >
Operação por artroscopia >

Compartilhe a informação
Especialista
Especialista

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *